Por escritura de 26 de Janeiro de 2000, exarada a fl. 15, do livro de notas n.º 112-F, do 2.º Cartório Notarial de Santo Tirso, foi constituída a Associação de Solidariedade Social S. Tiago de Rebordões.

 

 

Esta associação tem por objecto a criação e manutenção de um centro de dia com apoio domiciliário e serviço permanente de ambulância, lar de terceira idade, creche, jardim infantil, centro de cultura e lazer e ocupação de tempos livres, conforme consta no Diário da República n.º 67, Suplemento III Série de 20 de Março de 2000, página n.º 6406-(5).

 

 

Desde 16 de Março de 2001 está registada na Direcção Geral da Segurança Social, no livro 9 das Associações de Solidariedade Social, sob o n.º 7/02, a fl. 38, tendo adquirido automaticamente a natureza de pessoa colectiva de utilidade pública, conforme consta no Diário da República n.º 79, III Série, de 4 de Abril de 2002, página n.º 7037.